Casa do Povo de Abrunheira com vários Campeões e vice campeões em BTT

Nuno Correia da Casa do Povo de Abrunheira é o novo Campeão Regional de BTT XCM em Master 45

Este fim-de-semana, 8 de julho, a equipa de BTT da Casa do Povo de Abrunheira competiu em Arganil para o Campeonato Regional de XCM, prova a contar para a Taça Nacional de XCM.

Nuno Correia sagrou-se campeão Regional em master 45 numa prova bem ritmada e bem disputada onde Jorge Faria também subiu ao pódio na honrosa terceira posição.

Dário Pereira da Casa do Povo de Abrunheira é o novo Campeão Regional de BTT XCM em Master 30

Numa prova disputada em bom ritmo com um percurso bem desafiante, Dário Pereira não deu qualquer hipótese a toda a concorrência acabando por sagrar-se Campeão Regional. O mais próximo que se conseguiu aproximar foi curiosamente o companheiro de equipa Nuno Coutinho que fruto desse desempenho terminou em segundo sagrando-se vice-campeão do mesmo escalão.

A Casa do Povo de Abrunheira apresentou-se fortíssima em Arganil amealhando mais dois vice campões às conquistas desta época. Em Master 55, Carlos Coutinho que de resto nos tem habituado a fantásticos resultados, mais uma vez a comprovar a sua forma fisica e destaque também para André Gomes em Master 35, que após um regresso à equipa e com uma época em que os bons desempenhos tardavam em aparecer, a deixar o atleta um pouco frustrado mas nada que tivesse abalado a confiança da equipa no atleta uma vez que o seu valor é inequívoco e os resultados do seu esforço e dedicação acabariam por aparecer, comprovando-se com a consagração de vice-campeão em Master 35.

Carina Centeno também subiu ao pódio ao alcançar a honrosa terceira posição de betetistas femininos em Master 55, destacando-se ainda o quarto lugar de Jorge Faria em Master 45, o quinto lugar de Mário Marinheiro em Master 50, o quinto lugar de Fábio Pedrosa em Elites, o nono lugar de João Fernandes em Master 30, o décimo lugar de Fábio Ferreira em Elites, o decimo terceiro posto de Domingos Dias e o décimo nono de Diogo Marques em Elites.

 

Casa do Povo de Abrunheira…um atleta..um pódio…em Resistência Noturna

Este foi um fim-de-semana intenso em termos desportivos para a Casa do Povo de Abrunheira.

A correr em diferentes provas, a equipa dividiu-se por diversos cenários e desafios, conquistando pódios em todas as provas em que se fez representar. Com apenas um atleta a representar as cores da Abrunheira Bike Team, equipa de BTT da Casa do Povo de Abrunheira, tal não foi impeditivo de subir ao pódio, fruto de uma excelente prestação de Dário Pereira em Vagos, na “4ª Resistência Nocturna” conquistou o terceiro lugar em Master 30 e igualmente o terceiro posto na Geral.

Casa do Povo de Abrunheira nos pódios na “Rota do Escaravelho”

A Casa do Povo de Abrunheira participou no passado fim de semana na “Rota do Escaravelho”, prova que decorreu em Travanca do Mondego concelho de Penacova.

A participação da equipa Abrunheira Bike Team, num cenário de rara beleza, foi apenas composta por uma comitiva de dois atletas, o que não os impediu de realizarem uma excelente prestação com ambos a subirem ao pódio.

Fábio Ferreira conquistou o segundo lugar em Elites e André Gomes o terceiro posto em Master 30.

Estes resultados juntam-se a uma brilhante prestação desportiva ao juntar mais pódios às restantes participações da equipa em diferentes provas durante o mesmo fim-de-semana.

A Casa do Povo de Abrunheira dominou totalmente no “Raid BTT Ginásio”

A prova que decorreu em Vila Verde no passado fim-de-semana, ficou marcada por excelentes prestações dos atletas da Casa Povo de Abrunheira, com Fábio Pedrosa a conquistar o primeiro lugar em Master 30, Nuno Correia a não dar hipótese à concorrência em Master 45 e Carlos Coutinho a ser melhor que todos os seus opositores em Master 50.

Mas o domínio dos pódios não se ficou apenas pelo primeiro lugar já que logo a seguir, as segundas posições foram igualmente conquistadas pela Abrunheira Bike Team com as prestações fantásticas de Nuno Coutinho em Master 30 e  Jorge Faria em Master 45 .

Em resultado destes brilhantes desempenhos, Fábio Pedrosa ganhou o Raid na Geral, Nuno Coutinho conquistou a segunda posição e Nuno Correia o terceiro posto do pódio.

Casa do Povo de Abrunheira, o Instituto Português de Naturopatia e Clínicas Vital assinam protocolo na área Neurossensorial.

A Casa do Povo de Abrunheira assinou recentemente um protocolo de colaboração com o Instituto Português de Naturopatia e as Clínicas Vital, no âmbito de um projecto inovador que a Instituição abrunheirense se encontra a desenvolver para dar resposta à problemática das demências e doenças equiparadas.

O IPN tem como objectivos defender um novo paradigma de ensino/aprendizagem, com  a transmissão e aquisição de conhecimentos assente na reflexão e no estudo individual e colectivo, fomentar actividades próprias de investigação e de cooperação em projectos de colaboração com entidades públicas e privadas no sentido de atingir as sinergias necessárias para atingir as condições praticas e teóricas para o incremento da formação, da boa prática e do conhecimento da Medicina Natural, como condição essencial para a educação, o sucesso e o bem estar do individuo, como cidadão integrante da sociedade.

A este projecto associou-se igualmente as Clinicas Vital, entidade prestadora de serviços clínicos na área de saúde natural, conciliando as novas tecnologias com os conhecimentos ancestrais de tratamento, atualmente uma das maiores referencias nacionais no tratamento de várias patologias, centrando-se na prevenção e recorrendo aos meios naturais de tratamento de forma a estimular o organismo para a cura de forma a avaliar e retardar o envelhecimento.

Recorde-se que a Casa do Povo de Abrunheira encontra-se a desenvolver uma rede de parceiros estratégicos que integram este projecto “Dar mais memória à memória”, da qual fazem agora parte o Instituto Português de Naturopatia e as Clinicas Vital.

É neste contexto que o protocolo estabelecido se insere, uma vez que este projecto da Casa do Povo de Abrunheira compreende estudos e trabalhos académicos e estágios curriculares nas áreas de saúde e de trabalho social.

 

Casa do Povo de Abrunheira organiza este domingo Campeonato Nacional BMX RACE

No sábado a pista é aberta para treinos que prosseguem na manhã de domingo estando o início da competição marcada para as 11 horas.

Esta é a primeira vez que se realiza uma prova do Campeonato Nacional tão a norte e nesta que é a pista mais a norte do país em actividade e que no passado mês recebeu as rondas 5 e 6 da Taça de Portugal da modalidade e que deixou excelentes indicações que culminaram no reconhecimento das suas condições bem como a grande qualidade de organização da Casa do Povo de Abrunheira, responsável por essa organização e também por esta prova de domingo.

Em competição estarão os melhores atletas nacionais e tem entrada livre.

A Casa do Povo de Abrunheira subiu diversas vezes ao pódio em S. Martinho do Bispo.

Em prova a contar para a Taça de Portugal de XCM Maratonas e constituindo-se como a quarta prova do Regional XCM do Centro, nesta nona edição do BTT Sobe Desce, a equipa de BTT da Casa do Povo de Abrunheira alcançou o primeiro lugar em master 30, por Dário Pereira e o primeiro lugar em Equipas Master.
A segunda posição do pódio foi alcançada por André Gomes em master 35, Nuno Correia em master 45, Carlos Coutinho em master 55, Carina Centeno em betetista femininos e segundo lugar também por equipa no escalão elites. Ao pódio subiu ainda Fábio Pedrosa conquistando mais um brilhante resultado fruto desta participação da equipa, ao assegurar o terceiro lugar em elites.
A equipa esteve em grande plano nesta competição adicionando os quintos lugares de Pedro Costa em master 35, Mário Marinheiro em master 50 e Sara Leal em elites femininos.
de realçar ainda outros resultados importantes com o sexto lugar de João Fernandes e o sétimo de Nuno Coutinho em master 30 e o decimo segundo de Domingos Dias em master 35.

Casa do Povo de Abrunheira e CRIAP assinam protocolo na área Neurossensorial e Somatossensorial

dig

A Casa do Povo de Abrunheira assinou recentemente um protocolo de colaboração com o Instituto CRIAP, no âmbito de um projecto inovador que a Instituição abrunheirense se encontra a desenvolver para dar resposta à problemática das demências e doenças equiparadas.

Para dar resposta a esta condição social, a Casa do Povo de Abrunheira encontra-se a desenvolver uma rede de parceiros estratégicos que integram este projecto “Dar mais memória à memória”, da qual faz agora parte a CRIAP, entidade direcionada para formação especializada em psicologia, terapia da fala e ocupacional, neuropsicologia, terapias complementares, geriatria e gerontologia entre outras.
De forma a proporcionar uma solução integrada que responde às necessidades terapêuticas de forma prazerosa e eficaz, encontramos os Quartos Neurossensoriais, através da arte do artista António Conceição, entre outros equipamentos e serviços.
É neste contexto que o protocolo estabelecido se insere, uma vez que este projecto da Casa do Povo de Abrunheira compreende estudos e trabalhos académicos e estágios curriculares nas áreas de saúde e de trabalho social, uma forte componente de áreas em que a CRIAP aposta em termos de formação de excelência.

Festa da Cereja juntou meio milhar na Abrunheira

O programa foi composto por diversas iniciativas com vista à promoção do envelhecimento ativo. Uma das actividades consistiu em aliar a prática de jogos tradicionais com divertimentos mais modernos e a adesão foi fantástica com muitos seniores a querem experimentar as novas propostas.

Muitos não resistiram a um pé de dança, com tarde animada por Quim Martinho que trouxe ao recinto os sucessos da música popular , tendo ainda havido espaço para algumas relevações artísticas entre os seniores.

O evento serve para promoção de produtos  endógenos  como a indispensável cereja distribuída ao mais de meio milhar de seniores presentes de várias IPSS da região.

Do programa fez parte a já habitual atuação de Marchas Populares, este ano com as Meãs do Campo a trazerem uma encenação e uma letra alusiva aos incêndios e à necessidade de preservação da floresta.

A Marcha do Centro Social e Paroquial da Carapinheira na sua letra fez alusão à liberdade enquanto de fundo tínhamos como cenário o mural “Grito da Liberdade” no Complexo Social Sénior,  inserido no conjunto de Arte Urbana em desenvolvimento na Casa do Povo de Abrunheira, composto também por quartos Neurosensoriais temáticos.

E tendo como pano de fundo as expressões artísticas d e Arte Urbana patentes no edifico do Complexo Social Sénior de Abrunheira, a folia terminou com o indispensavem bailarico!