A Casa do Povo de Abrunheira foi distinguida pela Presidência da Republica

FOTO PRESIDENTE REPUBLICANum universo de mais de cinco mil instituições a nível nacional, foram seleccionadas trezentas, dezasseis das quais do distrito de Coimbra, num gesto simbólico por parte de Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República, no sentido de enaltecer o papel desempenhado pelas Instituições de Solidariedade Social na grave crise que tem assolado o país, que apesar de fortes constrangimentos orçamentais e manifesta falta de meios com que também se debatem, acorreram para a linha da frente em tempos difíceis no sentido de apoiarem os mais desfavorecidos, muitos em situações limite de risco ou mesmo de probreza. Foi também realçado o papel que a Instituição assume enquanto membro dos órgãos sociais da CNIS, Confederação Nacional de Instituições de Solidariedade, assim como a sua colaboração aquando da passagem da Chama da Solidariedade pelo distrito de Coimbra.

A Casa do Povo de Abrunheira orgulha-se assim de se constituir um símbolo distrital na área do apoio social, inovação e criação de emprego, mesmo em tempos conturbados e conjunturas económicas mais adversas.

O evento, que decorreu no antigo museu dos Coches, em Lisboa, na sala do picadeiro Real, contou igualmente com a presença do conceituado e também recentemente distinguido pela presidência, pelo seu mérito cultural, o fadista Carlos do Carmo.

Ao dirigir-se aos presentes, o presidente da Republica afirmou ter muito gosto em receber os responsáveis pelas Instituições Particulares de Solidariedade Social, confederadas na CNIS, que assumem um papel insubstituível na protecção social do país.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial