A Casa do Povo de Abrunheira vence prémio “AJUDAR” 2018 da Fundação Inatel.


Assente na arte como estimulo terapêutico, este projecto inovador recorre a representações efectuadas pelo artista António Conceição, em vários pontos interiores e exteriores da Instituição, estimulando algumas funções como a memória e a capacidade de localização espaço/temporal dos clientes. Algumas pinturas são enriquecidas com videoprojeção, aludindo a diversos elementos que compuseram o dia-a-dia e a realidade dos mesmos, até ao aspeto mais inovador deste projecto – a substituição da sinalética tradicional por representações das atividades que se realizam dentro de cada espaço, desde quartos a casas de banho, facilitando a compreensão da função do espaço, diminuindo os estados de ansiedade e de confusão de quem sofre de vários tipos de demência com especial enfâse para a doença de Alzheimer.A entrega do prémio está marcada para a próxima terça feira, 22 de janeiro no Teatro da Trindade.


Siga-nos