Casa do Povo de Abrunheira assina protocolo inovador com o Instituto de Ação Social das Forças Armadas

TRATADACasa do Povo de Abrunheira assinou protocolo inovador com o Instituto de Ação Social das Forças Armadas na valência de Apoio Domiciliário com cuidados integrados e personalizados.

Qualidade de vida e apoio na saúde é o que o Instituto de Ação Social das Forças Armadas pretende que a Casa do Povo de Abrunheira forneça aos seus benificiários que necessitam de mais e melhor.

Os serviços protocolados vão garantir um apoio personalizado que ultrapassa os serviços habituais de apoio domiciliário, residindo a diferenciação de excelência no acompanhamento personalizado tanto em serviços básicos, serviços de estética e imagem, como no serviço de saúde ao domicílio, com médico, enfermeiros, fisioterapeuta, terapeuta da fala e psicólogos, fazendo na própria casa das pessoas, recolha de amostras de sangue, controlo de glicemias, controlo de tensão arterial, fisioterapia e terapia da fala em casa, entre outros serviços, como o apoio psicológico.

Segundo o Instituto de Ação Social das Forças Armadas, a escolha pela Casa do Povo de Abrunheira para realização deste protocolo, vem na sequência de outro já realizado no âmbito de internamento em Estrutura Residencial para Idosos há cerca de ano e meio, com pleno reconhecimento de excelência pelos serviços prestados aos seus beneficiários em regime de internato.

Mas a inovação maior reside na atenção que a equipa de colaboradores dispensará a cada cliente, estimulando a locomoção e autonomia física, acompanhando-os em deslocações ao exterior para assuntos vários ou simplesmente para momentos de conversação combatendo o isolamento e a solidão, estimulando cognitivamente e em simultâneo estreitando laços de proximidade e afectividade.

Existirá uma permanente supervisão e avaliação da evolução da situação de cada cliente, dispondo de um número de contacto telefónico móvel, disponível 24 horas para situações de urgência.

Este é um modelo inovador, direccionado para uma nova e exigente realidade social, para a qual a Casa do Povo de Abrunheira se tem vindo a preparar criando para o efeito uma equipa multidisciplinar com formação actualizada e específica para o desempenho de cada função garantindo uma qualidade de excelência dos serviços a prestar.

Este protocolo, rubricado pelo Tenente-General Rui Matias e pela Vogal licenciada Rita Coelho, celebrado entre o Instituto de Ação Social das Forças Armadas, contou em representação do Instituto, com o Coronel Carlos Gonçalves, Assistente Social Graça Rodrigues e Assistente Operacional Luís Almeida e da parte da Casa do Povo de Abrunheira, José Carvalho Presidente da Direção, Sérgio Carvalho Vice-presidente e a Directora Técnica Andreia lapão.

 

Siga-nos