Casa do Povo de Abrunheira, o Instituto Português de Naturopatia e Clínicas Vital assinam protocolo na área Neurossensorial.

A Casa do Povo de Abrunheira assinou recentemente um protocolo de colaboração com o Instituto Português de Naturopatia e as Clínicas Vital, no âmbito de um projecto inovador que a Instituição abrunheirense se encontra a desenvolver para dar resposta à problemática das demências e doenças equiparadas.

O IPN tem como objectivos defender um novo paradigma de ensino/aprendizagem, com  a transmissão e aquisição de conhecimentos assente na reflexão e no estudo individual e colectivo, fomentar actividades próprias de investigação e de cooperação em projectos de colaboração com entidades públicas e privadas no sentido de atingir as sinergias necessárias para atingir as condições praticas e teóricas para o incremento da formação, da boa prática e do conhecimento da Medicina Natural, como condição essencial para a educação, o sucesso e o bem estar do individuo, como cidadão integrante da sociedade.

A este projecto associou-se igualmente as Clinicas Vital, entidade prestadora de serviços clínicos na área de saúde natural, conciliando as novas tecnologias com os conhecimentos ancestrais de tratamento, atualmente uma das maiores referencias nacionais no tratamento de várias patologias, centrando-se na prevenção e recorrendo aos meios naturais de tratamento de forma a estimular o organismo para a cura de forma a avaliar e retardar o envelhecimento.

Recorde-se que a Casa do Povo de Abrunheira encontra-se a desenvolver uma rede de parceiros estratégicos que integram este projecto “Dar mais memória à memória”, da qual fazem agora parte o Instituto Português de Naturopatia e as Clinicas Vital.

É neste contexto que o protocolo estabelecido se insere, uma vez que este projecto da Casa do Povo de Abrunheira compreende estudos e trabalhos académicos e estágios curriculares nas áreas de saúde e de trabalho social.

 

Siga-nos