Governador do Distrito Rotário 1970 visita projeto inovador da Casa do Povo de Abrunheira

Projeto da Casa do Povo de Abrunheira, inovador a nível mundial e reconhecido a nível europeu, foi visitado pelo Governador do distrito rotário 1970.

Ao Governador Rotário, Luís Carvalhido da Ponte acompanhado por Mariana Trindade, Presidente do Clube de Serviços de Montemor-o-Velho, foi apresentado o projecto “Dar Mais Memória à Memória”, que se assume como um “laboratório” para trabalhar com as demências numa maneira natural, com medicinas alternativas, com estimulação mais à base musical, cor, frequências e tecnologia que permite trabalhar arte estática com arte dinâmica através de videoprojeção.

Este projecto, em parte apoiado pela Comunidade Europeia, que reconheceu que é mesmo uma inovação permite desenvolver este conceito inovador, através por exemplo, Quartos Neurosensoriais onde são “animadas” as representações artísticas de cada espaço, com brisas, os cantos e sons alusivos á representação em causa, os aromas, tudo isso até em termos de climatização.

Ao mesmo tempo, os resultados são permanente mente monitorizados por uma equipa de saúde multidisciplinar.

A noite provoca em pessoas portadores desta patologia, uma maior confusão, mais ansiedade, depressão e tentativa de fuga, Com este método pretende-se criar uma luminosidade perto da luz solar, aproximada a 10 mil lumens, para combater o “síndrome do pôr do Sol”.

Na prática, como quando a noite começa a cair , o cliente vê luz…ao mesmo tempo ouvem os pássaros característicos da sua região e do período do dia a que reporta, para que não tenham a percepção que se está a pôr o sol.

Quando se avança para o estado de repouso, esses sons mudam para uma música e sons relaxantes.

Siga-nos